Madeixa
Transição capilar

Transição capilar: entenda o que é, dicas e principais cuidados

Promoções na Amazon
Quase todo dia a Amazon faz uma promoção de produtos para cuidar do cabelo.Clique aqui e confira os itens que estão em PROMOÇÃO hoje.

Mudar o visual geralmente é sempre uma boa. Os cabelos são só principais meios de mudança de visual e, geralmente, passam por muitos problemas durante a transição capilar. Já imaginou passar por isso com menos danos possíveis e com resultados ainda melhores?

A transição capilar é, na verdade, algo bastante comum na vida de muitas mulheres. A busca pelos cabelos lisos é uma prática tida como comum. Embora grande parte das mulheres jovens prefira o volume do crespo e as ondulações nos encaracolados, o alisamento ainda sim é tido como um tratamento regular e que será feito pelo menos uma vez na vida.

Se você já alisou os cabelos, sabe que, neste momento, os fios ficam mais vulneráveis e é preciso cuidar muito melhor. Para isso, não há nada melhor do que um guia completo repleto de dicas, principais cuidados e entender verdadeiramente o conceito da transição capilar.

Então, venha comigo neste artigo completo, que será o seu guia definitivo para ter os melhores resultados possíveis na sua próxima transição capilar. Venha comigo e continue lendo…

Entendendo a transição capilar

Transição capilar

O conceito de transição capilar é bem simples de ser explicado e entendido. Basicamente, é o momento que os fios de cabelo estão em repouso depois de alguns procedimentos químicos definitivos, como a progressiva e demais alisamentos químicos.

Nesta etapa, os cabelos estão danificados e tentam, agora, se recuperar para que possam novamente apresentar o seu aspecto natural. Neste momento dos cabelos, é preciso ter bastante cuidado e dominar algumas técnicas muito importantes aplicadas apenas durante a transição capilar.

Os fios, que outrora foram alisados por intermédios químicos, agora estão em fase de recuperação. Nesta fase de recuperação, é preciso cuidar para que os cabelos reassumam suas formas originais com o menor dando estrutural possível.

Então, a transição capilar é o momento em que o cabelo para de receber químicas de transformação radical para finalmente voltar ao seu estado natural. Esta transição envolve diversos fatores. Isso porque temos que considerar todos os efeitos colaterais dos tratamentos utilizados.

Esta fase de transição capilar tem a sua duração específica e é disso que vamos saber mais exatamente no próximo bloco. Então, continue lendo…

Duração de uma transição capilar

Segundo especialistas no assunto, a transição capilar tem um prazo variável. Mas, como assim variável? Na verdade, o que mais vai repercutir no tempo da transição capilar é o seu próprio cabelo.

A transição capilar só termina quando todo o cabelo que foi alisado e que passou por diversos tratamentos químicos finalmente é eliminado completamente da cabeça.

Basicamente, a transição capilar termina quando os fios alisados foram cortados e seu crescimento recuperou as partes alisadas. Com isso, o cabelo volta ao seu estado natural completamente.

É neste momento que a resposta variável faz mais sentido. Isso porque a taxa de crescimento capilar é variável para cada pessoa. Existe quem tem a taxa de crescimento maior. Com isso, alguns meses podem ser o suficiente para passar desta fase.

Já os cabelos que crescem mais lentamente podem passar até mesmo anos na fase de transição capilar. Por isso, é bastante importante ter uma análise completa do benefício de alisamentos definitivos, já que tomarão um bom tempo para serem totalmente desfeitos.

Cronograma de cuidados durante a transição capilar

Transição capilar

O cronograma de cuidados durante a transição capilar é uma forma de garantir qualidade aos fios e que eles recebam tudo que precisam. Assim, os cabelos podem superar ainda mais rápido e com menos danos colaterais os efeitos das químicas agressivas utilizadas nos alisamentos definitivos.

É muito importante seguir adequadamente este cronograma de cuidados. Isso porque suas etapas priorizam exatamente as necessidades dos fios e oferecem as melhores condições de recuperação.

Então, venha logo conhecer este cronograma de cuidados durante a transição capilar, que é recomendação dos melhores especialistas do ramo.

Hidratação

A hidratação é essencial para os cabelos manterem seu brilho natural e, principalmente, a maciez. Os procedimentos químicos afetam a hidratação severamente. Por isso, surgem frizz e pontas duplas.

Para garantir o brilho e a maciez dos seus fios, é preciso investir em hidratações profundas. Estas hidratações podem ser aplicadas quinzenalmente ou mesmo semanalmente, de acordo com a necessidade.

Os melhores produtos para este fim são as frutas, pantenol, extratos vegetais, babosa e vitaminas.

Veja também: Hidratação caseira para cabelo: veja dicas + 28 receitas baratas e fáceis

Nutrição

A nutrição dos cabelos é muito importante na transição capilar. isso porque é através da nutrição que podemos repor os lipídios do cabelo e devolver a oleosidade necessária para garantir fios belos e macios.

Os produtos mais indicados para esta etapa do cronograma são os ricos em: manteigas, óleo de coco, argan, tutano e óleos vegetais puros.

O mais aconselhável é realizar uma nutrição completa semanal ou quinzenalmente. Assim, você oferece tudo que o seu cabelo precisa para garantir uma nutrição adequada e completa.

Reconstrução dos fios

Na fase de reconstrução, os cabelos precisam de seus principais nutrientes para garantir cutículas fortes e seladas. É neste momento que a reposição de proteínas se faz completamente necessária.

Para isto, é necessário utilizar produtos capilares como máscaras ricas em queratina. A queratina é uma proteína essencial à qualidade, força e estrutura dos fios de cabelos.

É através da queratina que seus fios serão estimulados e, assim, podem dar início à etapa de reconstrução dos fios na transição capilar.

Veja também: 

Quando aplicar o big chop

Transição capilar

A fase de transição capilar pode ser abreviada em alguns casos. Nestes casos, é utilizada a técnica de big chop. Esta técnica se aplica para garantir que a transição capilar seja mais rápida.

Basicamente, se trata de um “grande corte”, como o nome já diz. Nesta técnica, se faz um corte de cabelo grande, ou seja, corta-se toda a parte do cabelo que já passou por algum processo químico de alisamento definitivo.

Ao eliminar as pontas que foram tratadas outrora por químicas, o cabelo agora pode crescer de forma completamente natural.

Agora, você finalmente entende tudo sobre a transição capilar e, além disso, sabe os melhores cuidados e ainda conhece o cronograma de tratamento indicado pelos melhores especialistas. Compartilhe em suas redes sociais e mostra para suas amigas que é possível superar a transição capilar sem sofrimento!

Deixe seu comentário!