Madeixa
Tranças afro

Tranças afro são puro estilo: veja como fazer e como cuidar

Tranças afro parte de um dos vários legados da cultura afro que, sem dúvida, é muito rica e deixou várias de suas marcas no nosso país. E, é claro, no mundo todo também.

As tranças afro são muito utilizadas por pessoas com cabelos cacheados, crespos ou que pretendem voltar à cor natural do cabelo e utilizam o estilo para marcar uma transição capilar.

Muita gente pensa que como esse estilo de penteado é muito prático, mal necessita de grandes retoques ou de grandes cuidados, mas isso é um engano.

As tranças afro podem provocar danos aos fios capilares, principalmente na região da raiz por puxarem os fios, fragilizando-os.

Outro engano a respeito de tranças afro que cometem as que não são experientes no assunto é a ideia de que não há um tempo limite para deixá-las na cabeça. Novamente, as tranças afro, com o tempo, fragilizam os fios capilares, deixando-os mais frágeis e sem tempo de recuperação.

Neste post vamos explicar os cuidados que se deve ter antes e depois de fazer as tranças afro, o tempo recomendado para fazer a renovação do corte e o período de recuperação do cabelo natural.

Também passaremos os principais tipos de tranças afro para você se inspirar.

Confira tudo isso a seguir!

Tipos de tranças afro

Há vários tipos de trança nesse estilo que vêm ganhando literalmente as cabeças das pessoas das mais diversas etnias. Sim, é um estilo prático, mas também de personalidade, que impõe presença e possibilita diversas combinações.

Veja os principais tipos de tranças afro em seguida.

Box braids

Também são conhecidas como:

  • Tranças Kanekalon;
  • Tranças de lã;
  • Tranças sintéticas.

A principal característica desse tipo de trança é que não fica presa à nuca, detalhe que permite uma boa variedade de penteados. Pode fazer tranças em todo o cabelo, em algumas partes, ou apenas em algumas mechas em meio ao cabelo solto.

As possibilidades das box braids aumentam mais ainda por serem divididas em duas categorias de tranças: as tradicionais, comuns, e as tranças do tipo jumbo. Esse tipo de trança é conhecido por ter um material mais vistoso, brilhante, proporcionando uma aparência diferenciada.

Twists

É um dos tipos de tranças afro que mais se diferenciam das outras devido ao fato das mechas serem feitas com apenas duas mechas, e não três.

No entanto, é uma das mais simples de fazer. Basta separar a mecha do cabelo em duas partes e depois enrolar cada extensão uma na outra.

Esse tipo de trança permite alongar o penteado ou adicionar mais cor ao misturar fios sintéticos ou de lã.

Nagô

A trança nagô, que também recebe outros nomes conforme a cultura local, tais como trança rasteira ou trança raiz, mescla dois estilos.

O penteado é trançado a partir de um trecho da nuca ou ocupa toda a sua extensão. Fica preso ao couro cabeludo, contudo, na parte inferior da nuca, as tranças são feitas no modo tradicional.

Começa-se sempre dividindo as mechas em três, na região mais próxima à testa. Depois, se trança em direção à nuca.

Tranças afro

Os cuidados com as tranças afro

Em quanto tempo é recomendado renovar o penteado? Qual o tempo limite?

Como dissemos acima, uma das regiões mais suscetíveis aos desgastes proporcionados pelo penteado é a raiz do cabelo. Para evitar danos irreversíveis e colaborar para a restauração dos fios no tempo adequado, recomenda-se ficar com as tranças não mais do que 8 semanas.

Outro detalhe: ao menos 15 dias antes de renovar as tranças afro, deixe o cabelo natural se recuperar. Isto é, deixe os cabelos soltos. A dica é aproveitar esse período de “liberdade” para focar na hidratação profunda dos fios.

Enquanto estiver no período de cabelo trançado, não deixe de cuidar dos fios, pois o descuido aumenta os riscos de quebra na raiz.

Use loções capilares principalmente na região frontal. Essa é uma excelente medida de prevenção para evitar entradas no cabelo, uma vez que esse problema pode surgir com mais facilidade em mulheres que aderem a esse visual. Entradas que algumas mulheres que aderem a esse visual costumam apresentar com o avançar do tempo.

As loções capilares são produtos importantes para a manutenção dos fios na fase trançada, pois propiciam mais força ao couro cabeludo.

Mesmo os fios misturados com material sintético também devem ser hidratados. O que muda com o estilo é a espécie, a essência do produto a ser usado. Este deve ser um óleo vegetal aplicado junto às raízes em vez da tradicional aplicação com máscaras.

Durante o trançado

Ao comparecer no salão para fazer as suas tranças afro, não tenha receios de dizer para a sua profissional de confiança que o procedimento está lhe causando incômodos, especialmente na raiz do cabelo.

Todo cuidado é pouco em tal área, pois os fios danificados demoram mais para crescer. Algumas vezes chega-se a criar até uma região mais rala de fios. Essa região, por sua vez, nunca mais volta à sua condição normal, natural.

Se o procedimento estiver doendo ou você entender que a trança está muito apertada, não deixe de se manifestar para a cabeleireira.

Depois da aplicação

Além de cuidar em renovar o penteado no tempo adequado, deixar os fios soltos 15 dias antes e hidratá-los com loções específicas, ainda é necessário outros cuidados.

Um deles é na hora de dormir.

Use uma touca de cetim ou de seda. Essa proteção evita contato, a fricção entre os fios e a fronha de algodão do cabelo. Tal contato acaba gerando frizz nos fios, prejudicando a aparência do corte.

Outra medida para evitar esse transtorno é trocar a fronha do travesseiro, geralmente de algodão, por uma de cetim ou seda. O material ajuda a evitar o frizz e propicia menos quebra de fios na região frontal.

Na hora de lavar as tranças afro

Outra ideia errônea sobre tranças afro é de que elas são de difícil limpeza. Mas isso não é verdade. Basta usar produtos específicos na hora de lavar o cabelo.

Por exemplo, um xampu específico, sem sal, diretamente no couro cabeludo, é uma boa pedida. É importante receber a confirmação de que o material sintético aplicado nas madeixas também pode receber esses produtos específicos.

Gostou deste conteúdo sobre tranças afro? Então curta, compartilhe, avalie. Seu apoio faz a diferença. Leia mais de nosso conteúdo.

Tranças afroTranças afro Tranças afro Tranças afro Tranças afro Tranças afro

Deixe seu comentário!