Madeixa
Pó descolorante

Pó descolorante: tudo o que você precisa saber sobre

Se você já aplicou luzes no cabelo, não importa qual estilo, ou quis sair do tom da cor natural de seus fios, certamente teve contato com o pó descolorante.

O nome é autoexplicativo. É um pó utilizado para descolorir o cabelo. Mas claro que isso não ocorre por passe de mágica. Não basta jogar o pó descolorante no cabelo como se fosse suco Tang.

Primeiro que é necessário misturar o pó com outros elementos. Segundo, que exagero na dose pode danificar os fios. E terceiro que há um tipo que pode ser mais prejudicial ao cabelo se este já tiver passado por tratamentos químicos anteriormente.

Ou seja, é recomendado pedir o auxílio de um profissional para fazer o trabalho de descoloração com o pó para diminuir o risco. Imagine cometer algum equívoco e sair com os fios totalmente detonados ou com o tom abaixo ou muito maior que o esperado? Socorro! Um pesadelo.

Neste artigo vamos explicar como funciona o processo de descoloração do pó descolorante, os principais cuidados que se deve ter e os tipos de pó recomendado para cabelos naturais e químicos.

Saiba mais sobre pó descolorante a seguir.

Prossiga na leitura!

Índice do Artigo

A ação do pó descolorante

O pó descolorante é usado quando se tentar alcançar um tom que não é possível valendo-se apenas da coloração do cabelo. Pois dependendo da cor base das madeixas e da tonalidade que se pretende alcançar, é necessário recorrer a recurso mais agressivo. É quando entra o pó descolorante.

Esse pó não age sozinho no trabalho de descolorir. É misturado com água oxigenada e amônia. Por isso é necessário ter cuidado quanto a dosagem, pois quanto mais água oxigenada, mais desgaste os fios sofrerão.

Muita gente acredita que a água oxigenada seja responsável pela descoloração dos fios. De fato ela contribui com esse processo por provocar a oxidação dos fios removendo a pigmentação destes. Mas seu alcance e impacto é limitado, sendo a sua principal contribuição na descoloração a abertura das cutículas dos fios.

Tal abertura propicia que o pó penetre nas escamas dos fios e remova a pigmentação de forma mais profunda. O pó descolorante também incha a fibra de modo a facilitar a entrada dos agentes oxidantes. E isso se deve por uma substância presente no pó chamada de persulfato.

Analisando o processo, vê-se que os dois componentes, pó e água oxigenada, realizam trabalho mútuo de abertura de cutículas. Facilitando o trabalho de ambos.

Conclui-se, portanto, que o pó descolorante é responsável por modificar a estrutura dos fios para ocasionar a descoloração. Nota-se, dessa forma, que acarreta desgastes consideráveis nas madeixas. A adição de dose a mais ou aplicação em cabelo muito fragilizado tem potencial destrutivo devastador.

Por isso, é preciso ter alguns cuidados e na dúvida sempre consultar um especialista.

Pó descolorante

Pó descolorante: cuidados

Cabelos que já tenham recebido tratamentos químicos necessitam de cuidado maior na hora da aplicação do pó descolorante.

Recomenda-se fazer uma pausa de um mês no aplique de produtos químicos, o que envolve alisamento, tingimento etc. Esse tempo é necessário para o fortalecimento dos fios. Sem o qual, ficarão extremamente fragilizados com o pó descolorante, o que pode gerar quebra dos fios.

Também recomenda-se usar pó descolorante sem amônia, pois é menos agressivo ao cabelo. Contudo, tal escolha possibilita tom aberto apenas 3 vezes mais alto do que a cor original. Ao contrário do pó descolorante com amônia que pode chegar ao tom de 9 vezes mais alto. Eis a principal diferença entre um e outro.

Portanto, tudo depende da cor base do seu cabelo e o resultado que pretende alcançar. Se não for tom muito acima da cor natural, o pó sem amônia pode bastar, mas se for maior, a melhor escolha será a pausa de 30 dias de produtos químicos antes de descolorir o cabelo.

Mais dicas

Fica também como dica, na verdade uma orientação a ser seguida não importa o contexto. Sempre obedeça o tempo de uso recomendado na embalagem do pó descolorante. Esse prazo geralmente não excede os 30 minutos.

Deixar a substâncias alguns minutinhos a mais não irá fazer a diferença que pensa e só aumenta a exposição ante as substâncias agressivas.

É imperativo que faça tratamento antes e depois da descoloração. E não estamos falando de apenas fazer uma hidratação. Os cuidados devem se concentrar na reconstrução dos fios.

Outro aviso importante, especialmente para as mulheres que já tiveram contato com tratamentos químicos no cabelo: alguns desses tratamentos, algumas das químicas usadas, como o alisamento com tioglicolato, não podem ser misturadas com as substâncias da descoloração. Pois são incompatíveis.

O resultado dessa mistura nociva é a excessiva fragilização dos fios, ocasionando o estado quebradiço.

Especificidades que reforçam mais uma vez a importância de se consultar um profissional cabeleireiro experiente no procedimento.

É também prudente evitar o contato das substâncias presentes na mistura para descolorir o cabelo com o couro cabeludo. A fórmula é rica em sais inorgânicos que são mais agressivos no couro cabeludo. Não é raro que essa acidez cause mais irritações na pele.

E terminando essa série de recomendações, cuidados, dicas em relação ao aplique de pó descolorante, a recomendação que o procedimento seja feito em cabelos úmidos, recém-lavados.

E por quê?

Porque a oleosidade é uma aliada na proteção do couro cabeludo. Pois essa região desprotegida é prejudicial tanto para o resultado do processo de descoloração como para a saúde capilar.

Pó descolorante

O teste da mecha

Outra dica valiosa antes de aplicar o pó descolorante. Faça o teste da mecha. A tríade pó descolorante, água oxigenada, amônia causam efeito muito rápido no cabelo. Efeito que pode gerar manchas no cabelo.

O teste da mecha é indicado para avaliar se as suas madeixas estão aptas, leia-se saudáveis o suficiente, para passar pelo estresse da descoloração.

O teste também serve para verificar se a pessoa tem reação alérgica aos produtos manipulados na descoloração. E, claro, se o tom em que os fios ficarão atendem ao tom desejado.

Essa medida certamente evita grandes transtornos envolvendo o procedimento. Colabora para se fazer ajustes, contornar situações para se chegar em um resultado satisfatório.

Gostou deste conteúdo sobre pó descolorante? Então curta, compartilhe, avalie. Seu apoio e sua opinião são muito importantes para nós. Leia mais de nosso conteúdo.

Deixe seu comentário!