Madeixa
Tipos de permanente no cabelo

Tipos de permanente no cabelo: como funciona e passo a passo

A técnica que proporciona volume e cabelos encaracolados por mais tempo foi um sucesso nos anos 80 e, agora, está de volta! Conheça tudo sobre a permanente e saiba como fazer.

Permanente no cabelo: o sucesso dos anos 80 nos salões

Os alisamentos nos cabelos foram, durante muitos anos, os procedimentos de mudança capilar mais desejados e pedidos. A tendência de madeixas lisas parece não ter caído no conceito desde à década de 90 até alguns anos atrás, já que estamos observando uma grande mudança quanto à moda no que diz respeito aos cabelos.

A valorização dos cabelos volumosos e cacheados tem sido cada vez mais evidente. Mulheres e homens de cabelos crespos e cacheados estão cada vez mais se sentindo livres e inspirados para deixar seu volume natural aflorar! Entretanto, não é todo mundo que possui aquele volumão natural e que pode modelar os cabelos somente com um modelador ou ativador de cachos

A boa notícia é que, assim como temos na indústria da beleza diversos procedimentos para alisar os fios, temos também a famosa permanente no cabelo!



Famosas que aderiram à permanente nos cabelos

Tipos de permanente no cabelo

A técnica que visa te dar lindos cachos foi muito famosa nos anos 80. Quem não se lembra de Julia Roberts em ‘Uma Linda Mulher’, ostentando um belo volume cacheado e acobreado? Temos também a personagem Rose, de Titanic, com todo o charme dos cabelos cacheados.

Patrícia Pillar é outra famosa atriz que dificilmente abre mão do volume nos cabelos, assim como Leandra Leal que prefere a suavidade e glamour dos fios ondulados. E como não falar de Vanessa da Mata com seu cabelão crespo cheio de personalidade?!



Enfim, exemplos e inspirações de cabelos cacheados e com volume não faltam e são muitos. A permanente nos cabelos é uma ótima opção para quem está em processo de transição capilar, sendo uma forma rápida de obter cabelos encaracolados.

Permanente em cabelos lisos ou ondulados

Para quem não nasceu naturalmente com os cachinhos, iremos te ensinar tudo sobre esse tão famoso procedimento capilar que proporciona volume e cachos para cabelos lisos ou ondulados. Continue lendo o artigo de hoje e saiba tudo sobre a permanente no cabelo.

A permanente nos cabelos é um procedimento capilar de cachear as madeixas utilizando uma substância química chamada de tioglicolato de amônia, que é capaz de alterar a fibra capilar e fazer com que a queratina dos fios fique mais maleável para ser modelada em cachos mais abertos ou fechados.

Veja também: Escova progressiva: saiba em qual tipo apostar para alisar o cabelo

Como funciona a permanente no cabelo?

Tipos de permanente no cabelo

De acordo com o mestre em farmacologia e cosmetologia Rogério Kreidel, o tioglicolato de amônia pode “auxiliar na formação de duas moléculas de cisteína, para uma de cistina, e que neste processo químico a queratina dos fios se incha, o que torna os cabelos mais maleáveis. Logo após, se utiliza um oxidante para que a reação se interrompa”, explicou o profissional.

Com a ação do tioglicolato, é possível utilizar acessórios de modelagem, como os famosos bigudinho, grampos, bobes e outros procedimentos para encaracolar os fios. O mais interessante é que o efeito ondulado ou cacheado que a permanente no cabelo pode proporcionar dura de dois a quatro meses. O acessório que muda o formato dos fios se chama bigudinho.

Ele é mais fino e alongado que os bobes e consegue deixar o cacho mais definido, e é o passo mais importante do permanente.

A escolha desse acessório está diretamente ligada ao resultado final: quanto maior o bigudinho, mais largos serão os cachos. O mesmo funciona para o início do procedimento: quanto mais perto da raiz, mais definido e encaracolado será o cacheado.

Como manter a permanente: cuidados antes e após o procedimento

Antes de apostar na beleza da permanente no cabelo, é importante se atentar a alguns cuidados especiais com os cabelos:

  • Caso seus fios estejam quebradiços, opacos e danificados, será necessário tratar os fios antes de aderir à permanente. Isso porque o tioglicolato de amônia é uma forte substância química que faz com que os fios percam parte de suas proteínas e aminoácidos.
  • A permanente também é incompatível com procedimentos químicos capilares. Para casos de descoloração ou tintura, o indicado é só utilizar o tioglicolato de amônia após, no mínimo, quinze dias.

Tipos de permanente nos cabelos: afro, digital e a vapor

Permanente afro

A permanente afro é voltada especialmente para definir os cabelos crespos. A maior diferença da permanente tradicional para a afro é a utilização de calor nos bigudinhos. Esses acessórios são aquecidos em até 150 ºC, o que aumenta a fixação do tioglicolato de amônia na fibra capilar. O processo da permanente afro dura, aproximadamente, 40 minutos para ser feita.

O profissional deve ter bastante cuidado quanto ao tempo de ação do produto, principalmente se a cliente tiver outras químicas nas madeixas, como alisamentos e relaxamentos.

Permanente digital

Tipos de permanente no cabelo

Já a permanente digital se diferencia por utilizar luz de led azul durante o processo, a fim de aumentar a absorção do tioglicolato de amônia. Outra diferença da permanente afro para a digital é sua formulação, que conta também com outros ativos que evitam a queda e os danos na fibra capilar.

Os resultados da permanente digital são ondas mais relaxadas e largas, com um efeito mais ondulado e glamoroso.

Permanente a vapor

Existe um tipo de permanente que pode ser feito em casa e não utiliza tioglicolato de amônia. Pode ser feita em apliques de cabelos lisos ou ondulados, sendo uma ótima técnica para quem está em processo de transição capilar e busca um aplique cacheado.

A permanente a vapor no cabelo conta com alguns ingredientes que podem ser encontrados facilmente. Você vai precisar de:

  • Creme branco de tratamento;
  • 1 panela de pressão;
  • 1 bacia;
  • Gelo;
  • Látex;
  • Água gelada.

Como fazer:

  1. Comece umedecendo os cabelos e aplique o creme de tratamento de sua preferência na extensão dos fios, sempre mantendo 2cm de distância da raiz.
  2. Em seguida, enrole os cabelos com palitos de churrasco, sendo um para cada mecha. Amarre com elásticos para que os cabelos não se soltem.
  3. Em seguida, enrole os cabelos com os palitos em uma toalha e coloque na panela de pressão com água. Deixe pegar pressão por até 15 minutos.
  4. Desligue o fogo, retire a toalha com os palitos e coloque em uma bacia com gelo. Espere mais 15 minutos e retire os cabelos da bacia.
  5. Desenrole os palitos e lave os cabelos com shampoo sem sal e condicionador.
  6. Os apliques de cabelos cacheados prontos costumam ser bem mais caros que os lisos, o que faz com que a permanente a vapor seja uma ótima opção para quem está sem muito dinheiro para investir e deseja utilizar um aplique cacheado.

Deixe seu comentário!