madeixa.com.br

Conheça os benefícios do óleo de argan para o cabelo e como usar

Quem segue qualquer tipo de cronograma capilar sabe da importância de cada etapa do tratamento para a recuperação e manutenção dos fios. Hidratação, nutrição e reconstrução. São 3 passos básicos e que podem, literalmente, salvar as madeixas da ação de agentes externos e das químicas utilizadas nos cabelos.

A etapa de nutrição é uma das fases que deve ser levada muito a sério. Ela é responsável por nutrir (alimentar) os cabelos, repondo os óleos e lipídios essenciais para que o cabelo se mantenha saudável. Quem tem cabelos cacheados, geralmente, possui mais necessidade de nutrir os fios, uma vez que a espiral dos cachos impede, de forma natural, que a oleosidade do couro cabeludo se espalhe no restante do fio, causando o ressecamento.

E para conquistar um cabelo cheio de vida e saudável, durante a etapa de nutrição, recomenda-se o uso de óleos 100% vegetais ou naturais. Dentre eles, um tem se tornado o queridinho dos hairstylists, blogueiras e amantes dos cuidados com as madeixas: o óleo de argan. Portanto, separamos algumas informações para você conhecer melhor esse produto e seus benefícios para o cabelo, além de dicas para utilizá-lo da melhor forma.

Confira!

Veja também: Benefícios e como usar o óleo de coco no cabelo

Óleo de argan: o que é e qual sua função?

 

O óleo de argan vem fazendo a cabeça de muitos hairstylists, blogueiras e todas as pessoas que adoram cuidar das madeixas há alguns anos. Hoje, ele já é item indispensável na prateleira dos amantes da beleza. O produto é extraído das nozes da planta Argania Spinosa, originária do Marrocos, e possui uma coloração translúcida amarelada.

A composição desse óleo consiste em, aproximadamente, 80% de ácidos oleicos (ômega-9) e linoleicos (ômega-6). Além disso, também é rico em vitamina A, D e E. Nos cabelos, o ômega-9 age como um poderoso hidratante, além de aumentar o brilho dos fios e reparar, parcialmente, alguns danos causados por agentes externos, como secador, chapinha e alisamentos. Já o ômega-6 auxilia no combate à queda capilar e também auxilia no crescimento do fio.

Quais os benefícios para o cabelo?

Os benefícios do óleo de argan para os cabelos podem ser notados em pouco tempo de uso. Por possuir agentes condicionantes em sua composição, o produto é capaz de repor a proteína capilar, deixando o fio mais macio e com muito mais brilho. Também possui ação antioxidante, combatendo o envelhecimento causado por agentes externos, como a poluição e o sol.

Além de tudo, o uso do óleo de argan também proporciona um cabelo sem frizz, mais disciplinado, com fios soltos, evitando as pontas duplas. Tudo o que os amantes de beleza desejam em um só produto.

Como usar?

Por ser um óleo fino e de rápida absorção, o óleo de argan pode ser utilizado das mais diversas formas durante a rotina capilar. Separamos algumas opções de uso para você incluir na sua rotina de cuidados com os seus fios:

– Antes da aplicação do shampoo: O óleo pode ser usado como um pré-shampoo e a técnica é conhecida como pré-poo. Ela evita o ressecamento dos fios, ocasionado pelo shampoo. Você pode aquecer uma colher de sobremesa de óleo de argan, no microondas, por 5 segundos e passar em todo o comprimento do cabelo, massageando mecha por mecha. Deixe agir por cerca de uma hora e lave em seguida.

– No processo de umectação: A técnica é bastante utilizada por pessoas que possuem fios cacheados e crespos. Nesse processo são utilizados óleos vegetais, como o óleo de argan, para hidratar e nutrir os fios, deixando o cabelo mais macio, brilhoso, dando forma e definindo os cachos. Lave os cabelos com shampoo e retire o excesso de água.

Nos fios úmidos, aplique um pouco do produto, somente no comprimento, massageando mecha por mecha no sentido de cima para baixo. Você pode decidir dormir com o produto nos cabelos ou enxaguar após 20 minutos. Após a lavagem, use um condicionador para fechar a cutícula capilar e garantir que os nutrientes permaneçam nos fios.

– Durante a hidratação/turbinando a máscara capilar: Adicionar óleos na etapa de hidratação ajuda a blindar os fios da umidade e deixá-los sem frizz. Você pode misturar algumas gotas de óleo de argan em sua máscara capilar e aplicar em todo o comprimento do cabelo, enluvando mecha por mecha e massageando. Depois, é só deixar agir pelo tempo recomendado no rótulo da máscara e enxaguar.

– Como finalizador: O óleo de argan possui uma textura leve e, portanto, funciona muito bem como um finalizador que não deixa os fios pesados. Além disso, proporciona brilho imediato. Ele também pode ser usado após a escova, para proteger os fios da umidade.

Pingue algumas gotas do produto na palma da mão, esfregue uma mão na outra para poder aquecer o óleo e aplique no comprimento do cabelo.

– Durante a coloração/tintura: Quem faz uso de tinturas sabe que o momento da coloração pode causar alguns danos aos fios. Por ser um ótimo hidratante, ele é capaz de amenizar o ressecamento causado pelas tinturas. Para isso, basta adicionar três gotas do produto na pasta de coloração antes de aplicá-la nos fios.

Qual escolher?

São tantas as opções no mercado que muitas pessoas acabam ficando confusas em relação a qual produto escolher. Os especialistas alertam que um óleo de argan considerado bom deve ter concentração de pelo menos 10% do princípio ativo (Argania Spinosa Kernel Oil).

Além disso, é importante fazer a prova da textura do produto: pingue duas gotas do óleo de argan na palma da mão e esfregue. O produto não pode deixar a pele com aspecto de melada, ele precisa ser absorvido rapidamente.

Os especialistas também alertam ser normal encontrar silicone na formulação do produto, pois ele auxilia na diluição da matéria-prima e possibilita que o óleo possa ser usado antes do secador ou da chapinha, formando uma camada protetora. Caso contrário, o calor desses utensílios iria “fritar” os fios, assim como um óleo normal.

Add comment