Madeixa
No Poo, Low Poo e Co-Wash

No Poo, Low Poo e Co-Wash: entenda as técnicas para lavar o cabelo

A indústria de shampoos é uma das que mais lucram entre mulheres e homens de todas as idades, já que basicamente todo mundo precisa lavar o cabelo para mantê-los limpos e sem oleosidade.

Porém, algumas técnicas estão começando a fazer sucesso entre os usuários de shampoo (especialmente as mulheres cacheadas). As técnicas mais famosas ultimamente são a No PooLow Poo e Co-Wash por reduzirem o número de componentes químicos presentes em shampoos e utilizados nos cabelos, deixando-os mais saudáveis.

Caso você não entenda nada sobre essas técnicas, não tem problema! Neste artigo, iremos te explicar detalhadamente sobre as técnicas No Poo, Low Poo e Co-Wash. Vai que você se encaixa em alguma e começa a reduzir o número de produtos químicos utilizados em seu cabelo, não é mesmo?

Benefícios

No Poo, Low Poo e Co-Wash



Muitas pessoas não sabem que os shampoos comuns são ricos em petrolatos e parabenos. Esses elementos criam um ciclo vicioso no cabelo, pois eles servem para maquiar a real situação dos fios e aumentar o tempo de validade dos produtos.

Em primeiro lugar, os petrolatos são os que maquiam a aparência dos fios. Eles criam uma camada selante que passa a ideia de brilho e maciez, mas por baixo dessa camada, o cabelo original está quebrado e não consegue absorver nutrientes por conta do isolamento.

Em segundo lugar, os parabenos são os que aumentam o tempo de validade do produto. Porém, ao mesmo tempo, aumentam o risco de câncer em seus usuários e é muito tóxico para o corpo humano quando utilizado a longo prazo.



Ao começar a praticar a No Poo, Low Poo ou a Co-Wash, muitas pessoas sentem os cabelos ressecados no início, mas isso é apenas a real aparência dos fios sem toda essa camada química. Com o tempo, os fios passam a ser naturalmente sedosos e hidratados por si só.

Portanto, elementos como esses são, no geral, proibidos nessas técnicas. Algumas técnicas são mais restritivas e outras menos, mas todas elas visam o menor uso de componentes tóxicos para o corpo humano ao lavar os cabelos.

Técnica No Poo: o que é e como fazer?

No Poo, Low Poo e Co-Wash

O nome dessa técnica já explica muito bem do que ela se trata. A técnica No Poo consiste em não utilizar nenhum shampoo para lavar os cabelos. Assim, a pessoa se livra 100% de todos os metais pesados e sulfatos presentes no produto.

Engana-se quem pensa que o único modo de lavar o cabelo é utilizando o shampoo, já que existem bálsamos limpantes, óleos e até mesmo produtos específicos para os adeptos da No Poo.

Por isso, podemos dizer que quem pratica a técnica No Poo livra os cabelos dos seguintes produtos químicos: sulfatos, derivados do petróleo, parafina e silicones. Todos esses elementos são extremamente prejudiciais ao cabelo a longo prazo, pois enfraquecem os fios cada vez mais.

Além disso, a técnica No Poo tem o lema de que quanto menos espuma um produto fizer, melhor ele será para a saúde do cabelo.

Essa ideia é defendida porque o componente responsável pela produção da espuma é o Lauril Sulfato de Sódio. Esse elemento é um detergente que acaba ressecando os fios e causando efeito rebote no couro cabeludo, estimulando ainda mais o uso de shampoo e criando um ciclo vicioso.

Vamos ver agora alguns dos produtos que são liberados para os praticantes da No Poo higienizarem os fios:

  • Nazca – Sfera Pimenta no Cabelo dos outros é Crescimento (condicionador);
  • Nazca – Sfera Pimenta no Cabelo dos outros é Crescimento (creme para pentear);
  • Nazca – Sfera Pimenta no Cabelo dos outros é Crescimento (máscara de tratamento;
  • Skala – Gel líquido mais cachos;
  • Skala – Condicionador mais cachos;
  • Skala – 2 em 1 multifuncional;
  • Limão e bicarbonato de sódio;
  • Anfótero Betaínico (o mais famoso).

Existem muitos outros produtos no mercado destinados à técnica No Poo. Por isso, tudo é uma questão de pesquisar quais marcas e produtos mais se adequam aos seus cabelos e às necessidades dos fios.

Obs: Muitas pessoas utilizam condicionador para lavar os cabelos na No Poo, desde que eles não possuam nenhum dos elementos tóxicos que citamos no tópico anterior.

Técnica Low Poo: o que é e como fazer?

No Poo, Low Poo e Co-Wash

Já a técnica Low Poo é menos restritiva do que a No Poo, pois ela acaba permitindo alguns componentes a mais em seus produtos. Os praticantes da Low Poo podem utilizar shampoos que possuem uma menor quantidade de petrolatos e parabenos. Portanto, shampoos são aceitos.

Alguns produtos liberados na técnica Low Poo são:

  • Bioderm Oro Argan;
  • Phytoervas Coco e Algodão;
  • Curly Wurly (específico para as mulheres com cabelos cacheados);
  • Divine Curls Inoar;
  • Hidratação intensa Oro Argan;
  • Casulão Bicho S Bom;
  • Cachos Perfeito Monange;
  • Salon Line Crespo divino.

É importante entendermos que, apesar de menos restritiva, a Low Poo também é extremamente eficaz para os cabelos e possui muito menos elementos tóxicos do que uma pessoa normal está acostumada a utilizar.

Técnica Co-Wash: o que é e como fazer?

No Poo, Low Poo e Co-Wash

A técnica Co-Wash está basicamente inserida dentro das duas técnicas anteriores, já que ela é um complemento e uma prática feita em ambas.

O Co-Wash é nada mais nada menos do que lavar os cabelos utilizando apenas o condicionador (como já explicamos na No Poo e como pode ser feito também na Low Poo). Essa ideia pode parecer estranha em um primeiro momento, mas o condicionador também possui propriedades limpantes e ele não resseca o cabelo.

No caso da Low Poo, o Co-Wash não substitui o uso do shampoo e é apenas um complemento. Nessa situação, o Co-Wash será usado principalmente quando a pessoa está tentando controlar a quantidade de shampoo utilizada na semana, mas quer lavar o cabelo frequentemente.

Porém, para praticar a Co-Wash, nem todos os condicionadores são aceitos. Não importa se você é praticante da Low Poo (menos restritiva) ou da No Poo (mais restritiva), o condicionador para essa técnica não pode ter parabenos, sulfatos, silicones e nada desse estilo.

Isso se dá porque esses componentes acumulariam no cabelo e não limpariam de verdade. Por isso, existem produtos permitidos para a Co-Wash, como por exemplo:

  • Curly Wurly – Lola Cosmetics;
  • Curl Crème Wash – Joico;
  • Sou + Cachos – Yenzah;
  • Co – Wash! – Yamasterol (muito recomendado);
  • Cachos Perfeitos – Bio Extratus.

Esses são apenas alguns dos produtos liberados e, assim como nas técnicas anteriores, você deverá testá-los para entender qual funciona melhor para o seu cabelo e suas necessidades da rotina.

Com certeza, essas técnicas mudaram a sua visão sobre os shampoos comuns, e isso é normal! Se você tem interesse em aderir alguma delas, compre o produto que mais te agrada e comece assim que possível para ver os resultados mais rapidamente!

Até a próxima!

Deixe seu comentário!