Madeixa
Henê nos cabelos

Henê nos cabelos: tipos, como fazer e contraindicações

O henê ficou famoso  em uma época em que não se falavam sobre escovas progressivas, definitivas e outros procedimentos de alisamento que temos disponíveis hoje no mercado da beleza. Esse produtinho, que confere um alisamento gradual e tingimento dos cabelos, foi muito famoso nos anos 90 e ainda é o favorito de muita gente que busca cabelos mais lisinhos e em cores escuras.

Alguns profissionais da saúde e da beleza não recomendam o uso do henê, alegando que o produto traz consequências à saúde capilar e possui propriedades cancerígenas. Entretanto, outros profissionais também alegam que o produto é um suave alisante, capaz de deixar os fios mais maleáveis e escuros e que não há nenhum problema em utilizá-lo nas madeixas.

A seguir, vamos saber mais sobre este produto, que já foi um sucesso e ainda é o favorito de muitas pessoas. Saiba como usar o henê, quais os tipos, dicas, contra indicações e manutenção.

O que é o henê?

O henê é um produto cosmético de uso capilar que promete colorir, hidratar e alisar os cabelos. Seu componente ativo é o pirogalol, um alisante que é capaz de formar uma película que envolve e protege os fios, inclusive de outras químicas, como tioglicolato de amônia, o que faz com que o henê seja incompatível com algumas químicas.



O produto é encontrado em versão bisnaga, pó e gel, sendo que a versão bisnaga e a mais forte delas. O efeito alisante do henê é gradual, ou seja, para obter um resultado de cabelo “chapado” e lisinho, você deve utilizar o henê várias vezes em seus cabelos.

Henê faz mal para os cabelos e para a saúde?

Henê nos cabelos

Alguns mitos envolvendo o uso do henê dizem respeito sobre o produto conter chumbo em sua composição, provocar câncer e problemas no fígado. Outro mito em relação ao henê é de que o produto só pode ser encontrado na cor preta, o que desagrada muitas pessoas que não são fãs cabelos escuros.



Ambas as afirmações não são verdade. O chumbo sequer é encontrado na composição do henê e, atualmente, o produto é encontrado nas cores castanho, vermelho e também em versão incolor, que promete não somente o alisamento, mas também a nutrição dos cabelos.

Atualmente, os henês também contam com outros ativos em sua composição, tais como a queratina o Aloe Vera, e outras substâncias capazes de reestruturar a fibra dos fios.

Manutenção e preço do henê

O henê costumava ser um produto muito barato nos anos 90, o que também era um fator determinante para possuir tantos adeptos do produtinho. Hoje em dia, o henê conta com versões mais bem desenvolvidas e com mais componentes hidratantes e nutritivos, e pode ser encontrado entre R$5 até R$40, em diferentes lojas de cosméticos físicas e online.

A aplicação do henê deve ser feita com bastante cuidado e, até que se consiga o resultado desejado, após alcançar o efeito liso de sua preferência, o indicado é fazer a manutenção com ele de quinze em quinze dias, no mínimo.

Contraindicações do henê

Um dos maiores pontos negativos do uso do henê é a sua incompatibilidade com qualquer outra substância de alisamento ou coloração. Resumidamente falando, se você busca utilizar henê para alisar e colorir os seus cabelos, saiba que não poderá utilizar nenhum outro alisamento ou tonalizar e colorir os cabelos com outro produto que não seja o próprio henê.

Isso porque o produto é totalmente incompatível com outras químicas. Ao entrar em contato com outras substâncias químicas fortes, pode acarretar um grave corte químico, queda e quebra dos cabelos em toda a extensão dos fios. É bem importante tomar cuidado e ter certeza que você quer o efeito do henê em seus cabelos a longo prazo.

O que se recomenda fortemente é muitas hidratações semanais após o uso do henê e uso liberado de substâncias nutritivas, como tratamentos capilares para repor a água, óleo e a queratina dos fios. Cuidados com os cabelos sempre são permitidos para qualquer procedimento alisante.

Tipos de henê para os cabelos

Henê nos cabelos

Existem diferentes tipos de henê, do mais suava ao mais forte.

Henê em gel

O henê em fórmula gel já vem preparado para o uso. Podem ser encontrados em bisnagas e em sachês e somente na cor preto azulado e preto.

  • Henê suave: indicado para cabelos mais finos e frágeis.
  • Henê médio: para cabelos de estrutura normal.
  • Henê forte: indicado para cabelos crespos, crespíssimos e afro.

Henê em pó

É necessário misturar o henê em pó antes de aplicar o produto nos cabelos. O henê pode ser misturado com ou creme, dependendo do fabricante. Geralmente, o henê em pé em encontrado nas cores preto azulado, preto, castanho, vermelho e incolor.

Vale lembrar que os henês que não são de cor preta possuem ativos alisantes mais fracos. Isso porque a substância que confere a coloração escura ao henê é um dos principais ativos alisantes do produto.

Henê em creme

Atualmente, algumas marcas desenvolveram o henê em creme, que assim como o henê em gel, já vem pronto para o uso. O grande diferencial do henê em creme é a maior concentração de propriedades hidratantes no produto, o que faz com que ele seja não só um produto alisante, mas também de tratamento.

Diferença do henê para henna

Henê nos cabelos

É bem comum que pessoas confundam os produtos henê e henna. Apesar da pronúncia e nomes bem parecidos, são produtos bem diferentes. Tanto a henna como o henê têm ação colorante dos cabelos. Entretanto, o henê possui ação alisante e a henna é somente utilizada para tonalizar e colorir os cabelos através de componentes naturais.

Antes de testar a ação do henê nos cabelos, identifique se seus cabelos possuem fios finos ou grossos e procure pelo melhor tipo de henê para sua textura capilar. Não se esqueça de seguir nossas recomendações e fazer a manutenção com henê nos fios dentro do prazo recomendado. Evite excessos e capriche nas hidratações semanais!

Veja também: Hidratação caseira para cabelo: veja dicas + 28 receitas baratas e fáceis

Deixe seu comentário!