madeixa.com.br
Exoplastia capilar

Exoplastia capilar: saiba tudo sobre a técnica de alisamento sem formol

Se você gosta de ter os cabelos liso, precisa conhecer a exoplastia capilar. Trata-se de um procedimento que alisa os cabelos, de forma menos agressiva que a progressiva convencional e os alisamentos com formol.

Ao estudar os riscos que o formol traz para a saúde, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exigiu a retirada deste produto dos itens cosméticos. Por isso, as indústrias desse ramo estão produzindo novidades capazes de proporcionar um efeito liso, causando menos danos as madeixas.

O botox capilar é um exemplo é um procedimento que alisa o cabelo sem o uso de guanidina ou tioglicolato, sendo, nesse sentido, semelhante à exoplastia, trazendo menos riscos ao organismo.

Se você quer continuar alisando o cabelo, mas sem correr riscos, este artigo será essencial! Afinal, conseguirá conhecer um alisamento pouco agressivo que consegue reduzir de verdade o volume dos cabelos, perfeito para quem está com o cabelo danificado, mas não quer abrir mão do efeito liso.

Como funciona a exoplastia capilar?

A exoplastia capilar é excelente para quem quer reduzir os volumes das madeixas, mas se preocupa com a sua saúde. Afinal, o seu cabelo pode estar bonito sem que o seu organismo sofra com isso.

Esse procedimento consegue agir nos fios de fora para dentro, mudando a textura capilar através da reorganização das ligações celulares das fibras capilares. Parece complexo, mas na verdade é uma técnica muito mais segura do que os alisamentos convencionais que possuem químicas perigosas.

O diferencial dessa técnica é que ela não impermeabiliza os fios, permitindo que o seu cabelo consiga absorver normalmente nutrientes provenientes dos tratamentos capilares que você irá realizar no cabelo, além de manter a oleosidade natural dos seus fios.

Essa técnica tão diferente, que é conhecida como “nova chapinha”, foi desenvolvida por dois cirurgiões plásticos que são pai e filho. Deram o nome de exoplastia pelo seu significado, que é mudança de forma por fora. Ou seja, o produto será aplicado na parte superficial dos fios, mas conseguirá agir nas camadas internas do cabelo.

A base da exoplastia capilar é o uso da nanopartícula de serina, que consegue alisar o cabelo sem danificar. O melhor é que este nutriente não é tóxico ao organismo, reorganizando as células capilares e mudando a textura dos fios sem causar danos à saúde.

Benefícios da exoplastia capilar

Exoplastia capilar

O principal motivo para optar pela exoplastia capilar é o fato de que este procedimento não possui formol e outros componentes que podem agredir a sua saúde e os seus fios. A nanopartícula de serina é capaz de induzir o colágeno a mudar a estrutura dos fios, diminuindo o volume proporcionando um efeito liso natural.

Você já percebeu que quem faz progressiva acaba ficando com as pontas espigadas e um cabelo escorrido, que só de olhar já dá pra perceber que é quimicamente tratado? A exoplastia capilar também resolve este problema, pois proporciona um cabelo liso com balanço e com pontas extremamente saudáveis.

Outro benefício desta técnica é que ela é compatível com outros tipos de química, como as tinturas, por exemplo. Se você sempre quis pintar o cabelo, mas tem medo por conta dos alisamentos, o uso da exoplastia pode te ajudar a ter madeixas coloridas e saudáveis.

Se você já tem o cabelo descolorido, mas queria que ele ficasse mais liso, também pode optar pela exoplastia. Ela irá ajudar a driblar o efeito poroso e ressecado que a tinta pode deixar nos fios.

É importante ressaltar que na primeira aplicação do produto pode ser que o seu cabelo não fique tão liso quanto você deseja. Isso porque os componentes da exoplastia capilar agem diferentes dos alisamentos comuns. Mas, a partir da segunda aplicação a exoplastia, já começa a penetrar melhor nos seus fios, deixando-os mais lisos.

Esse tratamento é um facilitador que proporciona maleabilidade e redução de volume aos fios. Dessa forma, pode ser que, para que você consiga um liso mais escorrido, seja preciso a finalização com chapinha ou outro tipo de texturização que auxilie a deixar o cabelo liso.

Mas é importante lembrar que usando só o produto você já conseguirá uma redução de frizz e de volume nos seus fios. Por ser um tratamento menos agressivo, vale a pena experimentar.

Como fazer a exoplastia capilar

Agora que você já tem informações de como a exoplastia capilar funciona, é hora de descobrir como aplicá-la nos fios. Não tem muito segredo: a aplicação é parecida com os alisamentos que você já conhece.

O primeiro passo é separar o produto em um pote devidamente higienizado e, com os cabelos lavados com um shampoo antirresíduos, começar a aplicação. Com os cabelos secos, a aplicação deve ser feita mecha por mecha.

Para facilitar a aplicação do produto, você pode dividir o cabelo e começar a aplicação do creme alisante a partir dos cabelos da nuca. Após aplicar o produto em todo o cabelo, basta esperar 30 minutinhos e enxaguar. Após o condicionamento e hidratação dos fios, você pode modelar o cabelo como quiser, inclusive com secador e chapinha.

Os aparelhos quentes poderão ser usados para finalizar o cabelo, mas não são necessários para que o alisamento penetre nos fios, diferente das progressivas e alisamentos convencionais. Isso também agride menos as suas madeixas.

Como manter o cabelo liso por mais tempo?

Exoplastia capilar

Após realizar a exoplastia capilar, é necessário cuidar dos cabelos para que eles continuem saudáveis e lisos por mais tempo. Para isso, você deve começar optando por shampoos extremamente hidratantes. Se puder, pesquise sobre a técnica low-poo e comece a usar sulfatos menos agressivos.

A escolha do shampoo e do condicionador corretos irá fazer com que o seu cabelo fique liso por mais tempo. Afinal, lavamos o cabelo várias vezes durante o mês e não é somente a água que retira a química dos fios.

Além disso, é necessário usar proteção térmica todas as vezes que for fazer chapinha ou usar o secador. Isso garantirá que os seus fios não sejam danificados e que o você tenha um cabelo muito mais bonito.

Não esqueça de seguir um cronograma capilar. Ele irá te ajudar a ter um cabelo hidratado, nutrido e reconstruído. Essas etapas são necessárias até mesmo para cabelos virgens, mas precisam ser intensificadas em cabelos quimicamente tratados.

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a entender melhor sobre a exoplastia capilar e os seus benefícios. Comente suas experiências com o uso de químicas alisantes compartilhando esse post nas suas redes sociais! Vamos adorar ler!

Até a próxima!

Add comment