Madeixa
Escova progressiva sem formol

Escova progressiva sem formol: saiba mais sobre esse alisamento

Promoções na Amazon
Quase todo dia a Amazon faz uma promoção de produtos para cuidar do cabelo.Clique aqui e confira os itens que estão em PROMOÇÃO hoje.

Muitas mulheres têm dúvidas, até hoje, sobre o efeito da escova progressiva após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, restringir para 0,2% o uso do formal no produto que alisa os cabelos. Vale lembrar que essa determinação ocorreu após casos de danos à saúde provocados pela substância.

Com a praticamente eliminação do uso do formol na técnica de escova progressiva, a indústria de cosméticos recorreu a outros princípios ativos para garantir efeitos semelhantes de alisamento, controle do volume dos cabelos e extinção dos frizz. Atualmente, o conservante mais utilizado no procedimento é o óxido acetamide. Essa substância possibilita que os fios sejam lavados logo após o alisamento. Além disso, ela vai ser misturada ao creme que vai agir nas madeixas e amenizar o cheiro do óxido.

Outras substâncias também apareceram como alternativa para os efeitos da escova progressiva. O tioglicolato de amônia (indicado para cabelos ondulados e cacheados), a guanidina (próprio para cabelos grossos e rebeldes), o ácido glioxílico (ideal para madeixas que foram tratadas com química), carbosericina e a carbocisteína (esses dois últimos podem ser utilizados em qualquer tipo de cabelo).

Saiba quais são os danos causados pelo formol

Escova progressiva sem formol

Após a gente detalhar os novos princípios ativos utilizados para promover o efeito de alisamento após a escova progressiva, vale destacar os motivos reais que levaram a Anvisa a limitar o uso do formol. Quais os danos dessa substância à saúde dos usuários? Vamos responder a essa pergunta na sequência deste artigo. Confira…

O uso do formol na escova progressiva pode ser considerado um dos grandes avanços da indústria de alisamentos capilar neste século. E essa técnica é brasileira. Em 2003, um cabeleireiro do Rio de Janeiro acrescentou a substância na fórmula da escova definitiva, criada no Japão em 1998. Inegavelmente, o formol garantia efeitos melhores de alisamento e do controle do frizz e volume das madeixas.

A prática se tornou febre entre as mulheres brasileiras e rapidamente foi exportada para outros países. No entanto, casos de prejuízos à saúde começaram a brotar por todo país. Hoje em dia, é comprovado que, em contato com a pele, o formol pode causar vermelhidão, dores e queimaduras. Caso seja inalado, provoca tosse, irritação no nariz, tontura, perturbações na respiração – levando a edema pulmonar – e dor de garganta.

Após inúmeros relatos de mulheres e profissionais que sofreram com problemas na saúde após o uso ou aplicação de formol na escova progressiva, a Anvisa decidiu intervir na utilização da substância. Como dissemos acima, a concentração permitida de formol pela Agência de Vigilância é de apenas 0,2%.

Como fazer escova progressiva sem formol?

Escova progressiva sem formol

Com o formol praticamente descartado do processo de alisamento, a indústria de cosméticos e os salões de beleza correram atrás de novos modos para deixar os seus clientes satisfeitos com o processo em seus cabelos.

A maneira mais utilizada começa com um uma ação simples: lave as madeixas com shampoo e limpe profundamente. Em seguida, aplique a progressiva. Logo após, seque os cabelos. Então, o cabeleireiro vai modelar os fios com a chapinha. Assim, eles vão ficar lisos. Para finalizar, enxágue e passe o creme de tratamento.

Os efeitos dessa escova progressiva devem ter a durabilidade de três meses. Claro, que esse período pode ser maior ou menor, dependendo do tamanho do cabelo e a quantidade de vezes que ele foi lavado. O produto tende a sair conforme as madeixas vão sendo enxaguadas.

Cuidados com a escova progressiva sem formol

Escova progressiva sem formol

A realização da escova progressiva sem formol não exige uma preparação antes do procedimento. No entanto, após fazê-lo, alguns cuidados importantes devem ser tomados para os efeitos do alisamento permaneça belo por mais tempo.

O indicado é que realize hidratações no cabelo com uma frequência maior. Isso vai evitar o ressecamento das pontas e inibir a possibilidade de os fios ficarem mais elásticos, fato causado pela mudança na distribuição da queratina ao longo das madeixas.

Outro cuidado importante é descartar o uso de shampoos para limpeza de antirresíduos e profundas, inclusive na hidratação. Esse tipo de produto reduz o tempo de duração dos efeitos da escova progressiva sem formol.

Escolha um profissional de sua confiança

Escova progressiva sem formol

Por fim, outra dica muito importante é o cuidado com a escolha do profissional. Como você já deve ter percebido durante a leitura, a escova progressiva é um procedimento bem peculiar, já que utiliza produtos químicos.

Em hipótese alguma resolva fazer esse procedimento em casa, ok? Procure o salão de beleza de sua confiança e confira quais produtos estão sendo utilizados em seu cabelo. Lembre-se que esse procedimento é para te deixar ainda mais bonita. Evite problemas posteriores!

Quem não pode fazer o procedimento?

Escova progressiva sem formol

Existem algumas contraindicações para a realização dessa progressiva, mesmo com a quantidade de formol praticamente inexistente. As grávidas, por exemplo, são as primeiras que devem passar longe desse procedimento. A saúde da mãe e do bebê pode ser prejudicada, devido aos demais produtos químicos utilizados neste alisamento.

Outras pessoas que devem evitar a progressiva sem formol são aquelas com os cabelos oleosos ou o couro cabeludo sensível. O processo pode intensificar ainda mais esses problemas. Já aquelas mulheres que nunca utilizaram química e mantêm as madeixas virgens correm os riscos de o alisamento não fazer efeito.

Resultado da escova progressiva sem formol

Escova progressiva sem formol

O resultado da escova progressiva sem formol, geralmente, é superpositivo. Os cabelos ficam sem aquele efeito frizz e você também se livra das madeixas volumosas.E, claro, os fios ficam lisos.

Mas existe o risco de o procedimento não ser 100% eficaz. Há casos em que o cabelo fica com a aparência chapada. Isso porque os resíduos deixados pelo procedimento podem potencializar o alisamento, passando um pouco do ponto. A melhor solução para esse caso é conversar com seu cabeleireiro de confiança para reconstruir os cachos.

Gostou do nosso artigo? Já teve a experiência de realizar a escova progressiva sem formol em seu cabelo ou tem algum medo? Compartilhe com a gente… Vamos adorar ler a sua história!

Até a próxima!

Deixe seu comentário!