madeixa.com.br
Dicas para evitar a queda de cabelo

Confira as 10 melhores dicas para evitar a queda de cabelo

A queda de cabelos é algo diário e inevitável. Cerca de 50 a 100 fios caem de nossas cabeças todos os dias e, até aí, trata-se de um processo normal, nada para se preocupar. Mas, e quando os fios começam a cair com mais frequência e em maior quantidade? Neste caso, a queda de cabelos pode se tornar um problema ou, até mesmo, uma doença, como é o caso da Alopecia Areata, condição em que os fios caem em placas e geram falhas no couro cabeludo.

Mesmo pra quem não sofre com a queda de cabelo, esse problema pode assustar, já que nossas madeixas são parte fundamental de nossas autoestima. O correto é se prevenir contra o problema. Para isso, confira nesse artigo as melhores dicas para evitar a queda de cabelos.



Erros cabelo

1 – Mantenha os cabelos limpos

Pode parecer algo bobo, mas manter o couro cabeludo limpo auxilia e muito na prevenção da queda dos fios. Isso porque a oleosidade e sujeira em excesso podem entupir o bulbo capilar. Isso impede que os fios cresçam de forma saudável e, ainda, facilidade que eles caiam em maior quantidade. Portanto, sempre lave os cabelos, pelo menos de dois em dois dias, ou um dia sim e um dia não.

Outra dica importante é não utilizar água muito quente na lavagem das madeixas. A água quente pode retirar toda a oleosidade natural do couro cabeludo e contribuir para a o aumento da queda e perda de nutrientes dos fios.



Erros cabelo

2 – Cuidado com o stress

Dicas para evitar a queda de cabelo

O stress é o causador principal de tantas doenças e não só as cardiovasculares. O aumento da queda dos fios pode sim estar associado à queda dos fios. Praticar atividade física combate o stress, já que aumenta os níveis de endorfina. Para prevenir a queda de cabelo, leve uma vida saudável e com alimentação equilibrada e exercícios físicos.

3 – Evite o tabagismo e o alcoolismo

Que o álcool e o cigarro fazem mal à saúde, nós já sabemos. E há diversos estudos que comprovam isso… As substâncias presentes em bebidas alcoólicas e cigarros são verdadeiras fontes de radicais livres, que promovem o aparecimento de inflamações nos tecidos de nosso corpo, como o ressecamento excessivo da pele e descamação do couro cabeludo.

Portanto, cuidado para não exagerar na dose e tente, ao máximo, evitar o tabaco. Uma pesquisa feita Universidade de Harvard constatou dados alarmantes acerca do tabagismo e alcoolismo. Depois da análise de amostras de tecido de 1.214 fumantes e não fumantes, os estudos detectaram aumento no hormônio DHT, ligado diretamente à calvície. O índice era 13% superior em fumantes.

4 – Cuide da alimentação

Dicas para evitar a queda de cabelo

Nós somos o que comemos. Essa frase se faz verdadeira! A ausência de nutrientes pode desencadear problemas de queda de cabelos. Inclusive, pessoas que sofrem de anemia costumam ter aumento na queda dos fios. Portanto, procure se alimentar de forma completa e balanceada.

Na dúvida ou suspeita, consulte um nutricionista. Vitaminas do complexo B são as mais essenciais para prevenir a queda de cabelos, além das vitaminas E e A.

5 – Condicionador somente nas pontas!

A ausência de oleosidade pode provocar problemas com queda de cabelos, assim como o excesso. Condicionadores e cremes de tratamento são cheios de substâncias umectantes e emolientes, que são formuladas para serem utilizadas na extensão dos fios.

Portanto, não aplique cremes e condicionadores no couro cabeludo. Caso você sofra com couro cabeludo ressecado, opte por tônicos capilares. Esses sim são produtos capilares indicados para o uso direto na raiz.

6 – Não durma com os cabelos molhados

Dormir com as madeixas molhadas pode facilitar o aparecimento de fungos nos cabelos. O fungo capilar pode danificar e muito a saúde e promover queda dos cabelos de forma intensa… Portanto, aquele conselho de mãe sobre não lavar os cabelos à noite está mais do que certo.

Opte por lavar durante o dia e, se a rotina não permitir, pelo menos seque bem a raiz e o comprimento com um secador.

7 – Cuidado com o uso excessivo de boné e chapéu

Dicas para evitar a queda de cabelo

Acessórios que cubram a cabeça, como chapéus, bonés e toucas, dificultam a respiração do couro cabeludo e podem favorecer a proliferação de fungos, caspa e aumentar a oleosidade do couro cabeludo. Portanto, o uso excessivo de acessórios que cubram a cabeça pode sim aumentar a queda de cabelos. Use, se preferir, mas com moderação.

8 – Utilize escovas e pentes ideais para seu cabelo

Cada textura capilar pede um acessório diferente para desembaraçar os fios: cabelos cacheados se comportam melhor com escovas macias e com cervas largas, enquanto os crespos são bem modelados com escovas de cedas de javali e nylon. Já os cabelos lisos se dão super bem com escova de madeira.

Portanto, certifique-se que suas madeixas estão sendo penteadas com o acessório correto. Pentear os cabelos de forma errada aumenta a queda dos fios, o que faz com que estes caiam em maior quantidade.

Veja também: 

9 – Cuidado com o calor excessivo

Quem nunca ouviu que chapinha faz o cabelo cair? Isso não é bem verdade, mas o uso excesso de aparelhos que utilizem calor pode mesmo aumentar a queda dos fios. O calor excessivo provoca a desidratação dos folículos capilares e compromete a saúde dos fios, o que promove aumento na queda.

Portanto, cuidado com os exageros na hora de modelar os cabelos com secador, chapinha, babyliss e difusor e use sempre um protetor térmico de sua preferência.

10 – Fique de olho nas mudanças hormonais

Dicas para evitar a queda de cabelo

Problemas relacionados aos hormônios podem também ter a queda de cabelos como um dos sintomas. Muitas mulheres sofrem com a queda capilar ao entrarem na menopausa, por exemplo, ciclo da vida da mulher em que diversas mudanças hormonais ocorre.

Portanto, esteja sempre com seus exames em dia. Algumas pílulas anticoncepcionais também podem causar aumento na queda capilar em mulheres. Por isso, é sempre fundamental não se automedicar e procurar acompanhamento médico.

A queda de cabelos pode se tornar um grande problema ou até mesmo estar associada à alguma doença mais grave. Portanto, como diz o ditado, “prevenir é melhor que remediar”. Coloque nossas dicas em prática e mantenha a queda de cabelos bem longe de ser uma realidade!

Add comment