madeixa.com.br

Cronograma capilar: como fazer passo a passo+ dicas para recuperar o cabelo em 1 mês!

Todos os dias, nossos cabelos passam por agressões externas que tornam os fios mais ressecados e sem vida. Exposição ao sol, umidade, poeira, uso de secador, chapinha, aplicação de tinturas, alisamentos, banhos em água quente, piscina, mar, entre outros hábitos que temos na rotina, podem afetar a fibra capilar e tornar o cabelo mais quebradiço, ressecado, com frizz, sem brilho e movimento.

Por isso, são necessários cuidados específicos para cada tipo de fio no dia a dia, visando o seu estado geral e a melhor maneira de recuperá-los de acordo com as suas necessidades reais. É para isso que existe o chamado cronograma capilar.



Erros cabelo

Muito provavelmente, você já deve ter ouvido esse termo por aí em algum momento, seja navegando por um perfil ou blog na internet ou até mesmo uma amiga comentando que faz esse tipo de tratamento para cuidar dos seus cabelos. Porém, nunca entendeu, de fato, o que é o cronograma capilar e qual a sua função nos cuidados com as madeixas. Afinal, é possível seguir um tratamento que ajuda a recuperar o cabelo em um mês?!

Pois bem! Se você quer saber o que é o cronograma capilar, como fazer e quais produtos usar para recuperar ter fios novinhos em folha em apenas um mês, fique de olho nos próximos parágrafos desse artigo e aprenda tudo sobre o assunto!



Erros cabelo

O que é o cronograma capilar?

O cronograma capilar é uma agenda de cuidados com os fios, onde você reveza as três principais etapas de tratamento que eles mais precisam no dia a dia: hidrataçãonutrição e reconstrução. Em outras palavras, trata-se de uma forma de devolver a água e os nutrientes que foram perdidos pelo seu cabelo ao longo da rotina, devido à ação de todos aqueles agentes externos que listamos anteriormente.

Veja qual é a função de cada uma das três etapas do cronograma capilar:

  • Hidratação

Essa etapa do cronograma capilar vai ajudar a repor a água (umidade) perdida pelo seu cabelo.

Etapa que visa repor os nutrientes (lipídios) perdidos pelo cabelo. Ou seja, ela vai devolver os óleos para os seus fios.

  • Reconstrução

Já a última etapa vai ajudar a devolver a massa capilar dos seus fios (queratina, aminoácidos, proteínas).

O resultado é de um cabelo 100% saudável, forte e bonito. Para isso, o cronograma capilar pode ser feito de várias maneiras, conforme a necessidade de cada tipo de cabelo, durante o período de um mês. SIM! Cuidando do seu cabelo durante um mês inteiro, você pode recuperar a sua textura, brilho e aparência sem precisar recorrer a tratamentos caros em um salão de beleza.

É claro que se você achar que o cronograma capilar funcionou para você, é possível repeti-lo por mais de um mês, isto é, quantas vezes você achar necessário, até sentir que seus fios estão totalmente saudáveis e bonitos.

Além disso, o cronograma capilar deve ser feito a partir de doses semanais de máscaras e produtos com funções diferentes, de acordo com cada etapa da agenda capilar: na fase de hidratação, você deverá usar produtos e máscaras hidratantes; na fase de nutrição, você deverá recorrer a produtos e máscaras nutritivas; e na fase de reconstrução, usar produtos e máscaras com funções reconstrutoras. Fácil, né? Mais à frente, nós falaremos mais detalhadamente sobre os produtos para usar no cronograma capilar.

Apesar de parecer complicado fazer um cronograma capilar, na prática, você vai perceber que montar a sua agenda de cuidados com o cabelo é muito fácil. Com o tempo, você notará como ele funciona e como ele pode ajudar, de fato, a devolver os nutrientes e a água dos seus fios, conforme as necessidades do seu tipo capilar, se você seguir direitinho as três etapas de tratamento no dia a dia.

Quem pode fazer?

Todo mundo pode apostar no cronograma capilar para manter o cabelo sempre saudável, forte e bonito. Isso porque a agenda de cuidados com os fios visa devolver a água e os nutrientes perdidos pelos fios ao longo da rotina, o que acontece com qualquer tipo de cabelo.

No entanto, o cronograma capilar é recomendado principalmente para pessoas que estão com o cabelo danificado, ressecado e quebradiço, que passaram por tinturas, alisamentos e aplicação de outros tipos de químicas, além daqueles que usam frequentemente ferramentas de calor, tais como secador, chapinha ou babyliss.

Afinal, esses cabelos necessitam de mais cuidados e, por conta das agressões frequentes, costumam estar mais frágeis e danificados.

Outra informação importante que você precisa saber é que o cronograma capilar é que ele não é obrigatório. Trata-se apenas de uma maneira de ajudar a manter as nossas madeixas mais bem cuidadas e com todos os tratamentos necessários em dia. Por isso, ele é bastante recomendado por dermatologistas!

Veja também:Como recuperar um cabelo com química?

Como fazer cronograma capilar? Aprenda passo a passo!

Agora que você já sabe o que é e para que serve o cronograma capilar, chegou a hora de aprender como fazer passo a passo. Para isso, a primeira coisa que você deve entender é que cada tipo capilar tem necessidades específicas e, portanto, a montagem da agenda de cuidados com os fios vai variar de cabelo para cabelo.

Depois, o primeiro passo essencial para começar um cronograma capilar com sucesso é entender de que tratamento o seu cabelo mais está precisando neste momento: hidratação, nutrição ou reconstrução. Assim, ao descobrir de qual das três etapas os seus fios mais necessitam de verdade, é possível aumentar ou reduzir a frequência de cada uma delas na sua rotina na hora de montar o seu cronograma capilar.

Para isso, a boa notícia é que existem duas formas de descobrir de quais etapas do cronograma capilar as suas madeixas mais estão precisando. A primeira delas é a olho nu e a partir do teste de toque, isto é, apenas observando o estado dos seus fios no espelho e analisando se eles possuem as seguintes características:

  • Para saber se o seu cabelo está precisando de mais hidratação, basta verificar se ele está opaco, embaraçando com facilidade, sem brilho, elásticos.
  • Para saber se o seu cabelo está precisando de mais nutrição, basta observar os fios e verificar se eles estão com excesso de frizz, desalinhados, com volume excessivo e pontas duplas.
  • Para saber se o seu cabelo precisa de mais reconstrução, basta analisar se ele está áspero, poroso, frágil, sem brilho, quebradiço, com pontas duplas e pouca elasticidade.

Teste de porosidade capilar: como ele pode ajudar a montar o cronograma

Teste de porosidade capilar

A segunda forma é a partir do chamado teste de porosidade capilar. No teste de porosidade capilar, você vai colocar um fio de cabelo em um copo com água (filtrada) para descobrir como anda a porosidade do seu cabelo, ou seja, o quanto ele está conseguindo absorver a água e os nutrientes dos produtos capilares que você usa no dia a dia. Verifique o seguinte:

  • Se ele boiou BAIXA POROSIDADE = precisa de mais HIDRATAÇÃO, porque as cutículas dos fios estão muito fechadas e não conseguem absorver a água e os nutrientes dos produtos que você usa no dia a dia;
  • Se ele nem boiou e nem afundou =POROSIDADE MÉDIA (NORMAL) = precisa de mais NUTRIÇÃO, porque as cutículas dos seus fios estão normais (nem muito fechadas e nem muito abertas) e, portanto, conseguem absorver normalmente a água e os nutrientes dos produtos. Sendo assim, você só precisa manter o cabelo nutrido, como já está;
  • Se ele afundou POROSIDADE ALTA = precisa de mais RECONSTRUÇÃO, porque as cutículas dos seus fios estão muito abertas, o que significa que, ao mesmo tempo em que conseguem absorver facilmente a água e os nutrientes dos produtos, também conseguem perdê-los com a mesma facilidade, o que os tornam mais suscetíveis a danos.

Saiba mais:Como fazer teste de porosidade capilar passo a passo e sem errar!

Cronograma capilar para cabelos saudáveis (Cronograma capilar oficial)

É claro que você pode fazer algum dos testes que mencionamos acima e tentar montar o seu próprio cronograma capilar. No entanto, existem algumas agendas de tratamento capilar que podem ser usadas como “padrão”, de acordo com o estado em que se encontra cada cabelo e, também, do que eles mais necessitam.

Por exemplo, existe o chamado cronograma capilar oficial, que é mais indicado para quem tem os cabelos saudáveis e deseja iniciar uma agenda de tratamento para mantê-los como estão, isto é, bonitos e fortes.

A diferença neste tipo de cronograma está na frequência das três etapas, que se apresentam da seguinte forma: hidratações uma vez na semana, nutrições a cada quinze dias (duas vezes ao mês) e reconstrução apenas uma vez ao mês. Ou seja, tudo na medida certa para manter o cabelo saudável como está. Veja:

Cronograma capilar cabelos saudáveis

Cronograma capilar para cabelos pouco danificados

Já o cronograma capilar para cabelos pouco danificados, ou seja, que estão com aspecto um pouco frizzado, mais seco, pouco maleável e poroso, muda um pouco em relação ao cronograma oficial. Isto quer dizer que eles precisam de mais lubrificação, o que pode ser feito com a reposição de óleos na etapa de nutrição.

Então, neste caso, quem está sofrendo com madeixas pouco danificadas, além das hidratações semanais, será necessário dobrar as etapas de nutrição, de duas vezes ao mês para quatro vezes ao mês. A etapa de reconstrução continua sendo uma vez ao mês. Veja:

Cronograma capilar cabelos pouco danificados

Cronograma capilar para cabelos muito danificados

Agora, o cronograma capilar para cabelos muito danificados, isto é, que estão muito quebradiços, emborrachados, frágeis, sem movimento, pouco maleáveis, aspecto ressecado, com nós e couro cabeludo ferido, entre outros problemas. Em geral, tratam-se daqueles cabelos que sofrem com muitas químicas ou ferramentas de calor.

Por isso, eles precisam de recuperar e devolver a massa capilar perdida, tornando-os fortes, encorpados e resistentes novamente. Sendo assim, neste caso, será necessário dobrar a etapa de reconstrução dentro do cronograma capilar, que é responsável por repor os aminoácidos e proteínas (especialmente a queratina) aos fios.

A agenda ficará assim: hidratações semanais, nutrições dobradas (quatro vezes ao mês) e reconstruções dobradas também (duas vezes ao mês). Veja:

Cronograma capilar cabelos muito danificados

Quais produtos usar no cronograma capilar? Dicas para cada etapa

Agora que você já sabe como fazer o cronograma capilar passo a passo, chegou a hora de conhecer quais são os ingredientes que você precisa encontrar nos produtos que vai usar em cada etapa da sua agenda de cuidados com os fios.

Assim, você pode levar a lista anotada em um papel ou tirar o print no celular para ler rótulo por rótulo dos produtos no supermercado na hora ir às compras. Confira, agora, a lista de produtos para usar em cada etapa do cronograma capilar:

Para a etapa de hidratação:

Na hora de hidratar o cabelo, opte por usar sempre produtos que contenham em sua composição os pelo menos um dos seguintes ingredientes:

Para a etapa de nutrição:

Já na hora de nutrir o cabelo ou fazer umectação, que é a mesma coisa, opte por usar sempre produtos que contenham em sua composição os pelo menos um dos seguintes ingredientes:

Veja também:Óleo para cada tipo de cabelo: saiba qual é o melhor para os seus fios

Para a etapa de reconstrução:

Por último, na hora de reconstruir o cabelo, ou seja, recuperar a estrutura capilar, opte por usar sempre produtos que contenham em sua composição os pelo menos um dos seguintes ingredientes:

Cuidados ao fazer o cronograma capilar

Apesar de o cronograma capilar ajudar a recuperar o cabelo de forma totalmente natural e sem precisar gastar rios de dinheiro em um salão de beleza, lembre-se que tudo em excesso é ruim. Isso quer dizer que até mesmo os tratamentos capilares que são benéficos para os nossos fios podem fazer mal, se houver excessos.

Então, opte por seguir a sua agenda de cuidados com as madeixas religiosamente, sem exagerar em nenhuma nas etapas do cronograma. Assim, o seu cabelo não sofrerá o “efeito rebote” e poderá se recuperar de verdade e continuar bonito e saudável sempre.

Veja o que acontece se você exagerar na frequência de cada uma das etapas do cronograma capilar. Fique alerta:

Muitas hidratações: Ao sobrecarregar o seu cabelo com produtos hidratantes, você pode deixá-los pesados, como se os fios estivessem grudados no couro cabeludo e sem brilho, não refletindo à luz.

Muitas nutrições: Ao exagerar na nutrição do cabelo, você pode deixar os fios com um aspecto grudento e pesado. Ainda, o excesso de oleosidade na raiz capilar por conta do uso exagerado de produtos nutritivos (que costumam ter óleos em sua composição), pode causar doenças na região, tais como descamaçãocaspa, dermatites, coceira, além do entupimento dos poros, o que pode causar queda e falta de crescimento de novos fios.

Muitas reconstruções: Já quem exagerar nas etapas de reconstrução capilar pode acabar sofrendo com problemas como o efeito espigado e enrijecido dos fios.

E aí? Gostou de saber tudo sobre o cronograma capilar? Então, se esse artigo foi útil para você, compartilhe-o nas suas redes sociais para que as suas amigas também aprendam como montar uma agenda de tratamentos capilares passo a passo…

Até a próxima!

Add comment