madeixa.com.br

Crescimento assimétrico do cabelo: que é, causas e como tratar

Não é só a queda de cabelos que pode nos impedir de ter um cabelo longo e bem cuidado. O crescimento assimétrico dos cabelos proporciona um efeito indesejado de cabelos “sem corte” e dificulta o desenvolvimento dos fios.

Por isso, nesse artigo, saiba o que é, quais são as causas e dicas de como tratar a assimetria de crescimento das madeixas!

Crescimento assimétrico dos cabelos: o que é?

Conseguir um cabelão de Rapunzel não é uma tarefa fácil. Para ter um cabelo longo e bonito, os cuidados com os fios devem ser redobrados e o uso de produtos de qualidade aumenta enquanto as madeixas crescem.

Quem já deixou os cabelos crescerem, já deve ter percebido que é comum que os fios cresçam mais em uma parte do comprimento. O chamado crescimento assimétrico do cabelo tem algumas diferentes causas e costuma ser motivo de reclamação entre as mulheres.

Basicamente, o crescimento assimétrico dos cabelos é quando algumas partes das madeixas acabam crescendo mais que outras, o que deixa a extensão dos fios com pontas assimétricas e o cabelo fica com um aspecto de “sem corte”.

A seguir, te explicaremos tudo sobre as possíveis causas do crescimento assimétrico do cabelo e como resolver esse problema de uma vez por todas! Continue com a gente no artigo de hoje…

Quais são as causas?

Excesso de químicas nos cabelos

Um dos maiores causadores da assimetria no crescimento dos fios é o excesso de química nos cabelos. Exagerar quando o assunto são procedimentos químicos, como progressivas e descolorações, pode ocasionar danos de todos os tipos aos cabelos.

Com o excesso de química, algumas partes dos cabelos podem ficar mais danificadas que outras, o que faz com que os fios quebrem e caiam mais em algumas partes, resultando na assimetria das madeixas.

Excesso ou falta de cuidados com os fios

Cuidar dos cabelos com o uso de produtos de qualidade é fundamental – disso sabemos. Mas, como diz o ditado, “tudo em excesso faz mal” e, quando o assunto são os cabelos, o caso não é diferente.

O uso excessivo de produtos capilares, como shampoos, cremes e óleos, pode sobrecarregar a fibra capilar e trazer um efeito reverso ao que o produto promete.

O uso excessivo de óleos, como o óleo de coco para fazer umectação no cabelo, também pode entupir os folículos do couro cabeludo e resultar no enfraquecimento e queda dos cabelos.

Portanto, não exagere na dose e cuide de suas madeixas com moderação. Seu cabelo e seu bolso agradecem! Da mesma forma que o excesso de cuidados com os fios compromete a saúde e beleza dos cabelos, a falta de tais cuidados também resulta em danos.

Cabelos opacos, ressecados, quebradiços e fracos são só alguns dos resultados da falta de cuidados com as madeixas.

Herança genética

Um dos motivos para o crescimento assimétrico dos cabelos é o fator genético. Assim como é possível que tenhamos um pé maior que o outro ou um seio mais volumoso que o outro, a assimetria no crescimento dos fios também pode ser resultado de herança genética.

Uso excessivo de bonés e chapéus

Acessórios, como chapéus, podem fazer toda diferença no look e no estilo, assim como os bonés, para quem curte um estilo street ou mais esportivo.

O que se deve ter em mente é que o excesso de uso de acessórios que cubram raiz dos cabelos, como todos os tipos de chapéus e toucas, dificultam a transpiração e respiração do couro cabeludo, o que resulta no aumento da oleosidade da raiz dos cabelos.

A oleosidade e a falta de respiração da região do couro cabeludo enfraquecem os folículos capilares e podem provocar crescimento lento e assimétrico dos cabelos, além de queda capilar. O correto é não permanecer mais do que algumas horas com chapéu, boné ou touca nos cabelos.

Como igualar o crescimento dos cabelos?

Agora que você já sabe quais são as possíveis causas do crescimento assimétrico dos cabelos, já deve ter em mente que algumas atitudes, como excesso ou falta de cuidados, podem estar provocando o problema.

Portanto, além de evitar o assimetria no crescimento dos fios com as dicas que já demos até aqui, existem algumas técnicas para estimular ainda mais o crescimento capilar. Confira:

Massagem no couro cabeludo

Quem diria que o tão querido cafuné seria capaz de estimular até mesmo o crescimento dos fios, não é mesmo?! Sim, é isso mesmo. Massagear o couro cabeludo ativa ainda mais a circulação sanguínea e contribui para um crescimento saudável dos cabelos.

Existem até mesmo alguns massageadores de couro cabeludo bem baratinhos disponíveis no mercado. Com apenas alguns minutos, você pode relaxar com uma automassagem bem simples e, ainda, dar um up no crescimento dos fios.

Umectação com óleo de rícino

Quem já conhece o óleo de rícino, conhecido popularmente como óleo de mamona, sabe que esse produtinho de valor acessível e que vende até mesmo em farmácias traz benefícios até para os cabelos.

O óleo de rícino pode ser utilizado para combate a queda capilar e evitar o crescimento assimétricos dos cabelos.

Passo a passo: umectação com óleo de rícino

  • Passo 1: Aplique o óleo de rícino diretamente na raiz dos cabelos secos, massageando o couro cabeludo com a ponta dos dedos.
  • Passo 2: Com o auxílio de um pente ou escova, espalhe o óleo para a extensão dos cabelos.
  • Passo 3: Deixe o óleo agir no couro cabeludo de 2h à 6h.
  • Passo 4: Retire o produto com água. Em seguida, lave os cabelos normalmente, com shampoo e condicionador.
  • Passo 5: O processo pode ser repetido uma vez a cada quinze dias.

Veja também: Óleo para cada tipo de cabelo: saiba qual é o melhor para os seus fios

Alimente-se bem

Comer bem é sempre um ótimo conselho, mas, mais do que isso, é uma necessidade, não só por seus benefícios para a beleza como também para a saúde.

Nossos fios de cabelo crescem com os nutrientes que consumimos. Por isso, hábitos como se alimentar mal ou fumar podem dificultar a absorção de nutrientes necessários para um crescimento capilar saudável.

Vitaminas do complexo B, encontradas nos derivados do leite, nos ovos e castanhas, são um grupo vitamínico essencial para a saúde dos fios.

A vitamina C, que é encontrada em muitas frutas ácidas, e a vitamina A encontrada na cenoura e frutas laranjas, também proporcionam benefícios para o bulbo capilar, proporcionando cabelos nutridos.

Veja também: Conheça os alimentos que fazem o cabelo crescer mais rápido

Add comment