Madeixa
Cauterização capilar

Cauterização capilar: saiba para que serve e como fazer

Ter os cabelos com brilho e sem fios descontrolados. Esses efeitos são perseguidos por dez em cada dez mulheres, não é mesmo? E eles podem ser alcançados por um processo com nome difícil, mas com execução simples. É a cauterização capilar, um procedimento que é sucesso nos salões de beleza, mas que também pode ser feito na sua própria casa. Quer saber como? Basta conferir o nosso artigo até o fim!

O que é e quais os benefícios?

Cauterização capilar

cauterização capilar é um tratamento que fortalece a proteína (queratina) do cabelo. Com isso, ele renova a massa capilar, recupera a elasticidade e as fibras dos fios e ajuda a pôr fim ao drama de quem sofre com as madeixas danificadas. O procedimento gera como resultado fios mais brilhantes, macios e menos porosos.

A cauterização é super indicada para pessoas com pontas duplas no cabelo e para aquelas que realizaram algum tipo de tratamento químico nas madeixas, como luzes, tintura ou progressiva. Tudo porque o procedimento age, justamente, nas camadas danificadas.



Cauterização capilar: como fazer passo a passo

Cauterização capilar

Agora que você já sabe quais são os benefícios da cauterização capilar, vamos mostrar como fazer esse procedimento de sucesso. Normalmente, o processo é feito em seis etapas, mas esse número não é exato. Ele vai depender das características do cabelo e do produto que você utiliza. Mas vamos ao que interessa! Confira o passo a passo:

  • Primeiro passo: Para abrir as cutículas dos fios, lave os cabelos com shampoo de limpeza profunda.
  • Segundo passo: Aplique uma máscara hidratante ideal para seu tipo de cabelo, massageie e deixe agir por até 20 minutos.
  • Terceiro passo: Enxágue os cabelos até retirar todo o produto de hidratação e seque com a toalha.
  • Quarto passo: Utilizar um borrifador para aplicar a queratina líquida. Passe por toda a extensão dos fios, da raiz às pontas. Deixe agir por 10 minutos.
  • Quinto passo: Seque os cabelos com secador. Os fios podem estar úmidos ou secos.
  • Sexto passo: Divida os cabelos em pequenas mechas e passe chapinha a 90 graus. Seja delicada ao passar a prancha.

ATENÇÃO: Como dissemos acima, a cauterização pode ser feita em casa, mas alguns cuidados devem ser tomados. O uso inadequado da queratina, por exemplo, pode enrijecer os fios. Com isso, eles podem ficar quebradiços. Utilizar a chapinha no cabelo molhado também pode danificar ainda mais os fios. Caso essas informações tenham te deixado receosa, procure um profissional de sua confiança.



 Em quais produtos para cauterização capilar apostar?

Cauterização capilar

O mercado oferece uma diversidade de produtos que podem ser utilizados para a cauterização capilar. A escolha vai depender muito da sua identificação com determinada marca, as características do seu cabelo ou o gostou do seu cabeleireiro, caso você deseja fazer o procedimento em um salão de beleza.

As marcas mais conhecidas e utilizadas nas cauterizações são as seguintes: L’Oreal, Vita A Keramax, Vizcaya e Niely Gold. Esses produtos, geralmente, podem ser encontrados com facilidade em qualquer loja de cosméticos ou em até mesmo supermercados ou lojas de variedade.

Por fim, vale ressaltar os intervalos entre cada sessão da cauterização. Isso vai depender muito da situação de cada cabelo. Geralmente, os cabeleireiros indicam a repetição do procedimento entre 30 a 45 dias.

Contraindicações

Cauterização capilar

Antes de fazer esse procedimento no seu cabelo, é importante estar ciente das contraindicações. A cauterização não é recomendada em pessoas que realizaram procedimentos como tintura e alisamento no mesmo dia. Mulheres que apresentam algum ferimento ou doença no couro cabeludo também não devem fazer essa técnica em suas madeixas.

Além disso, as grávidas só devem realizar a cauterização após consultar um médico ou caso a utilização do produto seja liberada pela a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Preço

Cauterização capilar

Estipular o preço para realização da cauterização capilar se torna um pouco mais difícil, pois depende muito do tamanho do cabelo e até da região do país. Em caso de madeixas compridas e com volume, esse procedimento chega a custar, em média, 200 reais.

Os efeitos hidratados e sedosos da cauterização duram mais ou menos até 30 dias, dependendo dos cuidados de cada mulher após o procedimento.

Cauterização capilar alisa os fios?

Cauterização capilar

Assim como outros procedimentos capilares, a cauterização é rodeada de mitos entre o público feminino. Uma dúvida frequente é saber se esse procedimento também garante o alisamento dos fios. Após muitas pessoas acreditarem nessa fama, vamos – definitivamente – desmistificar essa informação.

Na realidade, a cauterização não promove o alisamento dos fios. A aparência pode até ficar bastante semelhante, mas é por causa do uso da chapinha e a diminuição dos cabelos rebeldes. Como dito acima, a cauterização tem como objetivo tratar o cabelo com a reposição de queratina. O alisamento não está entre as suas ações.

Cauterização capilar fria: como funciona?

Cauterização capilar

O nome é parecido, o efeito é até semelhante, mas a lista de ingredientes possui uma certa diferença. Essas são as características da diferença entre a cauterização comum (que estamos tratando no artigo) e a cauterização capilar fria. No primeiro caso, como já dissecamos neste texto, os produtos utilizados são à base de queratina e o resultado desejado é alcançado após o uso da chapinha e o secador.

cauterização capilar fria também ajuda a recuperar cabelos tingidos, opacos, fracos, sem vida e com fios rebeldes. No entanto, ele é à base de aminoácidos, que têm como função recuperar os nutrientes dos fios. Por fim, outra diferença esta na inclusão da palavra “fria”. Isso se deve à ausência da queratina no procedimento. Isso evita o uso da chapinha (ar quente).

A aplicação da cauterização capilar fria depende de cada tipo de problema nos cabelos. Os cabelos virgens que estão sem vida e secos, por exemplo, recebem uma técnica diferente daquelas madeixas que passaram por um tratamento químico. Por isso, antes de iniciar o procedimento, o indicado é realizar o teste de compatibilidade

Cuidados após o procedimento

O recomendado é que se faça a hidratação do cabelo com maior frequência após a realização da cauterização. Assim, os efeitos de brilho e maciez dos cabelos serão prolongados e não haverá risco de danos aos fios.

Gostou do nosso artigo? Você já realizou a cauterização comum ou fria no seu cabelo? Compartilhe conosco!

Deixe seu comentário!